RSS

É assim que a Intel quer que você recarregue seus gadgets

11 jan

Certamente, quando chega em casa, você pega as suas chaves e coloca em algum lugar especificamente pra isso. Faz parte da rotina – o cérebro funciona melhor assim. Agora, a Intel quer que você também se acostume a jogar todos os seus dispositivos móveis num mesmo lugar para que eles sejam recarregados. A companhia anunciou durante a CES 2014 o que eles estão chamando de smart bowl – seria tipo “vasilhame inteligente”. Nome nada comercial se resolverem traduzir para o bom português, eu sei.

int

 

A premissa do smart bowl da Intel é muito simples: um equipamento com 25 centímetros de diâmetro que faz a recarga imediata dos celulares, tablets e demais aparelhos capazes de receber carga elétrica por indução.

Por enquanto, o maior problema para esse tipo de tecnologia é a compatibilidade. Pegue, por exemplo, o Samsung Galaxy S4. Ele até tem o famoso wireless charging com tecnologia da empresaQi. Mesma coisa para alguns smartphones da Nokia. Já a Intel optou pelo padrão A4WP da Rezence. Eu nunca tinha ouvido falar nessa organização até agora, mas o site deles diz que se trata de um grupo sem fins comerciais com o objetivo de desenvolver padrões e disseminar o wireless charging.

A Intel explicou que o smart bowl foi pensado tendo em mente todo o tipo de dispositivo inteligente que a gente leva (ou deveria levar) conosco no cotidiano. Pode ser o celular e o tablet, como eu já citei, mas também relógios inteligentes (smartwatches) ou pulseiras dessas que fazem o acompanhamento dos exercícios físicos. Aqui no Tecnoblog publicamos um artigo com todos osprodutos vestíveis que a Intel mostrou na CES.

Representantes da empresa disseram a jornalistas que tudo depende da implementação do novo padrão de wireless charging. Entretanto, parece haver uma certa facilidade em portar o Qi para funcionar com a tecnologia da Rezence. Os engenheiros da Intel conseguiram converter a popularíssima FuelBand da Nike para que funcione com o smart bowl. Eles dizem que foi um processo absolutamente tranquilo: levou cerca de uma hora e tudo foi feito com a devida autorização da Nike.

Pelo menos duas vantagens foram listadas para justificar o novo padrão. Primeiro, não há necessidade de posicionar os aparelhos num local específico para fazer a recarga por indução. Segundo, é possível recarregar vários gadgets simultaneamente sem problemas. Aí sim! Detalhes técnicos do smart bowl não foram revelados, porém.

O smart bowl da Intel ainda é um conceito de produto. Não há previsão para a disponibilidade do gagdet, muito menos se ele de fato será produzido. A fabricante de processadores meio que acenou pra todo mundo da indústria e em seguida soltou um “Fica a dica!”. Já sou o primeiro da fila para comprá-lo caso algum dia o smart bowl chegue às lojas.

Fonte: Tecnoblog

 

Tags: , , , , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: